Ucrânia. Lviv agradece ao Papa: ambulância ajudará crianças feridas na guerra

30 de março de 2022

“O Papa Francisco não só reza, mas também convida o mundo inteiro, chefes de Estado, a lembrar da Ucrânia, a não nos esquecer, a salvar nossa sofrida Ucrânia que sangra todos os dias”, ressalta o arcebispo latino de Lviv, dom Mieczyslaw Mokrzycki, que expressa sua gratidão ao Pontífice e ao esmoleiro do Papa, cardeal Konrad Krajewski, pela chegada na terça-feira, 29 de março, de uma ambulância presente do Santo Padre à Ucrânia

“Somos muito gratos ao Papa Francisco e ao cardeal Krajewski por sua presença entre nós. Esta ambulância vai ajudar as crianças feridas na guerra. Também aqui na região de Lviv há muitas crianças afetadas pela guerra que precisam de cuidados e mais de uma vez têm que ser transportadas na Europa para ulteriores tratamentos, por isso somos muito gratos por este gesto.”

Com estas palavras, o arcebispo latino de Lviv, dom Mieczyslaw Mokrzycki, expressa sua gratidão pela chegada na terça-feira, 29 de março, de uma ambulância, um presente do Santo Padre à Ucrânia.

Salvar nossa sofrida Ucrânia que sangra todos os dias

“O Papa Francisco – ressalta o arcebispo – não só reza, mas também convida o mundo inteiro, chefes de Estado, a lembrar da Ucrânia, a não nos esquecer, a salvar nossa sofrida Ucrânia que sangra todos os dias.”

Esmoleiro do Papa cansado, mas grato ao povo ucraniano

Foi o chefe da administração regional de Lviv, Maksym Kozytskyi, quem recebeu o esmoleiro do Papa, o cardeal Krajewski. Numa postagem no telegram, Kozytskyi escreveu:

“O enviado papal, cardeal Konrad Krajewski, passou 22 horas ao volante e trouxe pessoalmente a Lviv um presente do Papa Francisco: uma ambulância, que foi entregue a uma das instituições médicas da região de Lviv.”

“Depois de percorrer mais de 2.000 quilômetros, o cardeal disse estar um pouco cansado, mas muito grato ao povo ucraniano, que defendeu não apenas seu país, mas toda a Europa. Obrigado! A humanidade vencerá! Nós venceremos.”

(com Sir)

Vatican News
Imagem capa: Vatican Media

FacebookTwitterWhatsApp